Tipos de catarata

15Até o momento sendo, no ano de 2018 a catarata pode ser classificada de 3 formas: a primeira delas é a congênita  onde os sintomas aparecem logo após o nascimento ou mesmo nos primeiros meses de vida. A segunda classificação seria  o surgimento da doença no processo de envelhecimento ou surgimentos de outras doenças que possam ocasionar o problema. Em último caso refere-se a região do cristalino quando afetada levando ao surgimento da catarata.

 

Catarata congênita

A catarata congênita é popularmente conhecida como catarata infantil, pois esta surge normalmente no nascimento da criança ou durante o início de seu desenvolvimento por volta de até seis meses de idade. Em ambas as situações o problema ocular pode ocorrer em apenas um olho como também nos dois de tornando uma catarata congênita bilateral.

Quando o problema acontece nesta fase da vida, este vem derivado de infeções que podem ocorrer nos primeiros 3 meses de gestação, sendo na maioria dos casos o maior responsável por cegueira no período da infância. Dados mostram que no mundo isso pode ocorrer em 1 a cada 250 nascimento.

 

Catarata adquirida

 

Catarata senil

Comumente conhecida como catarata da idade, pois costuma surgir após os 65 anos, com seu desenvolvimento de forma lenta e normalmente nos dois olhos nesta fase da vida. entretanto em caso que o paciente obtenha outras doença como a diabetes por exemplo este processo de desenvolvimento pode acontecer de forma bem rápida e com muitos agravantes, necessitando por vezes de cirurgias de urgência.

 

Catarata diabética

Quando o paciente possui diabetes a possibilidade de vir ocorrer a catarata é maior que em outras circunstâncias, onde o seu desenvolvimento também acontece de forma mais rápida do que em outras situações do mesmo problema.

 

Catarata causada por medicamentos

Geralmente este problema só ocorre quando há uso constante e/ou prolongado de corticoides.

 

Catarata traumática

Nesses casos a complicação acontece após algum grande impacto diretamente nos olhos ou mesmo quando chega ocorrer perfuração. Em situações assim a catarata pode surgir apesar de qualquer idade. Quando acontece do impacto danificar a cápsula lenticular o processo de evolução do problema ocular pode ser de forma muito rápida. Entretanto em caso  em casos mais simples, esta evolução pode ocorrer bem lenta.

 

Catarata incipiente

Nesta situação é considerado o início da catarata, pois neste momento ainda não existe perda da visão e sim o começo da existência de grau de turvação no cristalino do olho.

Conforme o grau de opacificação do cristalino, a denominação pode variar de catarata incipiente, para madura ou hipermadura.

Nessa circunstância não se faz necessário a realização de cirurgia, somente quando ocorre um desenvolvimento muito grande da doença. Mas em momentos de evolução do problema cabe ao especialista identificar o melhor momento para realização de procedimentos cirúrgicos.

 

Catarata espacial

 

Catarata subcapsular

A catarata subcapsular pode ser dividida em dois tipos:

  • Catarata subcapsular posterior: é a turvação da parte do cristalino localizada mais ao fundo do olho.
  • Catarata subcapsular anterior: é a turvação da parte do cristalino localizada mais à frente do olho.

 

Catarata nuclear

A catarata nuclear ocorre geralmente em pessoas de mais idade, entretanto  neste tipo de problema ocular pode surgir também a miopia, agravando a situação.

 

Catarata cortical

A catarata cortical é mais comum em pessoas com diabetes, sendo muito similar a nuclear, por causar a opacificação do córtex do cristalino.