Ardência nos olhos: dicas para evitar isso.

Em uma era digital como a nossa, itens como computador, smartphone, tablet, dentre outros aparelhos tecnológicos que se tornaram essenciais em nosso dia a dia principalmente pela enorme facilidade e agilidade em busca de informação através da internet por exemplo. Estes objetos se tornaram cada vez mais presentes na vida dos brasileiros.

Mas como muitos dizem nada vem de graça e com o uso constante destas tecnologias podem surgir algumas coisas  desagradáveis como ardência nos olhos dentre outras coisas e por isso estamos fazendo este post para saber como evitá-las.

 

 

Por que isso acontece?

 

Neste post nós vamos falar especificamente do ardor que pode ser causado após um período em frente a algum aparelho como um computador por exemplo. Entretanto esta ardência pode ser por conta de outros motivos como alergias, rinite, entre outras causas.

Segundo alguns artigos dores de cabeça, olhos vermelhos e secos e visão embaçada são os alguns dos sintomas da síndrome da visão do computador. Esta  síndrome pode ser causada pela má lubrificação dos olhos, devido ao fato das pessoas acabarem piscando menos, juntamente com o esforço realizado quando ficamos em frente ao computador por várias horas seguidas. Principalmente em ambiente de trabalho isso é comum que aconteça, por isso vamos dar algumas dicas para melhorar essa situação.

 

Pausas são importantes

 

Um dos motivos para essa ardência é o tempo que se fica em frente a tela do computador sem direcionar o foco para outro objeto, por um certo tempo. Existe um exercício bem simples que ajuda no descanso dos olhos  em relação a constante luz emitida pela tela de um objeto eletrônico. Um destes é você desviar o foco por pelo menos 20 segundos para um objeto ou espaço que esteja distante.Tente piscar algumas vezes para lubrificar os olhos isso dentre intervalos a cada 15 ou 20 min. A falta de lubrificação também ocasiona esta ardência e o ato de piscar ajudar a não ressecar os olhos.

 

Busque piscar

 

Como falamos acima ficar concentrado em uma tela nos lava a não piscar as vezes por um período longo ocasionando também incômodo aos olhos. O fato de não piscar  deixa a retina sem a lubrificação necessária. Portanto busque aumentar o número de vezes que você pisca.

 

O brilho da tela pode prejudicar!

 

Para aquele que costumam deixar o brilho da tela sempre no mínimo cuidado, pois com a  luminosidade mais baixa a pupila produz um esforço maior para poder enxergar. Entretanto com o brilho adequado o foco do olho consegue se ampliar não sendo necessário um grande esforço de adaptação no ambiente.

 

Fique atento a posição do monitor.

 

A proximidade muito grande um monitor também pode ser fator crucial para incômodo do ardor nos olhos. Por conta disso estar atento a altura e distância que a tela se encontra de seus olhos é fundamental para diminuir este problema.

 

Procure o oftalmologista

 

Para pessoas que trabalham muito com computador, tablet, Smartphone, dentre outra tecnologias como estas, o mais recomendável é que realize uma visita ao oftalmologista ao menos uma vez ao ano. Busque profissionais de sua confiança para que ele possa te informar de forma correta o que está havendo ou não com sua saúde dos olhos.