Modelos de óculos e sua evolução

Quer saber mais sobre essa história de tantas mudanças e inovações no modelo de óculos? Então, dá uma olhada no que preparamos para você!

De olho nas origens
A palavra óculos surgiu na antiguidade clássica e vem do termo ocularium. Vendo o passado, encontramos referências de óculos nas citações de Confúcio, cerca de 500 anos A.C.

Os primeiros óculos
Os primeiros “modelos de óculos” de que se tem notícia foram produzidos no século XVIII. Eram na verdade lentes únicas, planas e, a princípio, serviam para mostrar a classe social das pessoas – quem usava era considerado da elite.

O surgimento dos óculos de grau
Depois de muito tempo apareceram os primeiros modelos de óculos com lentes corretivas, feitas com pedras semipreciosas, como cristais de rocha, que trabalhadas até se transformarem em finas camadas viravam lentes de aumento.

Mudando de forma
Estudos e experimentos em torno dos óculos continuaram e foi na Alemanha que aconteceu a grande mudança: o primeiro par de óculos unido por rebites, sustentadas por aros de ferro.

Óculos modernos dando as caras
Após muitas pesquisas, se chegou ao desenvolvimento de acessórios mais leves, seguros e confortáveis. Pince-nez era a bola da vez, este modelo não tinha hastes e só era ajustado no nariz.

Hoje, até que enfim!
Com novas matérias primas, incluindo o plástico e seus derivados, hoje temos acesso a modelos ainda mais leves e confortáveis. Além da armação, as lentes também evoluíram,  estão mais finas, precisas. Acessórios surpreendentes, com designs surpreendentes, ganham espaço.

Os óculos sempre terão o seu lugar na história da humanidade, além de sua função biológica entregam estilo e charme para quem os utiliza. Para conhecer os principais  modelos e escolher aquele que mais combina com você, clique aqui e leia a nossa matéria 5 passos para comprar o óculos perfeito.